Doenças da Soja - Melhoramento genético e técnicas de manejo Autor: Ernane Lemes - Leonardo Castro - Rafael Assis


De R$ 281,00
Por:
R$ 168,60
Economize  R$ 112,40

R$ 160,17 à vista com desconto Boleto Bancário
ou 3x de R$ 56,20 Sem juros
Ganhe mais 5% de desconto pagando no boleto
Simulador de Frete
- Calcular frete

Sinopse

Relatórios divulgados pelo Departamento de Agricultura dos Estados Unidos (USDA) apontam o Brasil como o futuro maior produtor de soja do mundo. Essa liderança é resultado de contínuos esforços conjuntos desenvolvidos por produtores, associações de sojicultores e entidades de pesquisas na adoção de novas tecnologias, em desenvolvimento varietal na ampliação dos cultivares e na obstinada busca por aumentos na produção, produtividade e qualidade.
Entre os principais fatores que interferem e limitam o rendimento da produção estão as doenças, de difícil controle: muitos patógenos variam de ano para ano e de região para região – em alguns casos, segundo a condição climática de cada safra. Daí decorre o enorme interesse pelo assunto, em termos científico, econômico e mesmo, estratégico para o país.
Na obra que vem a lume os organizadores reuniram contribuições de grandes especialistas e pesquisadores nacionais e internacionais que permitem ao leitor compreender e enfrentar melhor esses desafios. Entre as modernas medidas de prevenção fitossanitária, os autores propõem sofisticadas técnicas de manejo e melhoramento genético.
Primeira publicação do gênero com tal abrangência no Brasil, torna-se fonte de consulta obrigatória para produtores, pesquisadores, extensionistas, empresas de consultoria, fabricantes e representantes de equipamentos e insumos agrícolas, e empresas de consultoria, e poderá constituir a base curricular para a formação técnico-científica requerida pelas áreas das Engenharias Agrícola e Agronômica.
Trata-se, enfim, de recurso há muito esperado pela geração que teve a glória de conduzir o Brasil à atual posição de liderança na produção da soja.

Sobre os autores:
ERNANE MIRANDA LEMES

Engenheiro Agrônomo formado pela Universidade Federal de Uberlândia no ano de 2006, com monografia defendida nas áreas de fitopatologia e nutrição da soja em sucessão à canade-açúcar. Mestre em Fitopatologia, pela University of Florida no ano de 2009, com dissertação defendida nas áreas de fitopatologia (ferrugem asiática da soja) e a nutrição da soja com silício. Doutorando em Agronomia pela Universidade Federal de Uberlândia, onde desenvolve tese com associações micorrízicas e a produção de mudas florestais. Desenvolve estudos com fitopatologias radiculares e foliares, nematologia, entomologia, fertilidade do solo e nutrição de plantas, hidroponia, microbiologia do solo, quantificação de compostos vegetais e melhoramento de plantas. Tem experiências com as culturas da soja, milho, cana-de-açúcar, algodão, sorgo, canola, olerícolas, seringueira, eucalipto, mogno africano e morototó (Schefflera morototoni). Contato: ernanelemes@yahoo.com.br

LEONARDO HUMBERTO SILVA E CASTRO
Engenheiro Agrônomo formado pelo Centro Universitário do Planalto de Araxá – UNIARAXÁ no ano de 2012, com monografia defendida nas áreas de gestão de resíduos sólidos na produção de mudas de maracujá. Master in Business Administration (MBA) pelo Instituto de Gestão Estratégica – INAGE Business School/USP no ano de 2015, na área de Gestão Estratégica de Negócios, com trabalho de conclusão do curso intitulado “Gestão estratégica de pessoas como fonte de sustentabilidade corporativa”. Mestrado em Agronomia pela Universidade Federal de Uberlândia no ano de 2015, com dissertação defendida nas áreas de fitopatologia e resistência genética da soja à Sclerotinia sclerotiorum. Tem experiências com as culturas da soja, milho, sorgo, cana-de-açúcar e algodoeiro, e o manejo de doenças foliares e nematoides. Além dos trabalhos com as culturas de interesse agronômico, trabalha na Gestão Estratégica de Projetos e Pessoas. Contato: leonardohumbertoagro@hotmail.com

RAFAEL TADEU DE ASSIS
Engenheiro Agrônomo formado pela Universidade Federal de Lavras no ano de 2007, com monografia defendida na área de olericultura. Mestre em Fitotecnia (produção vegetal) pela Escola Superior de Agricultura “Luiz de Queiroz” ESALQ/USP no ano de 2010, com dissertação defendida na área de nutrição de plantas e produção de mudas de cafeeiro. Doutorando em Fitotecnia pela Universidade Federal de Uberlândia, onde desenvolve tese com a interação estado nutricional e o desenvolvimento de doenças nas plantas. Professor de Fitopatologia na UNIARAXÁ (Centro Universitário do Planalto de Araxá) e FAZU (Faculdades Associadas de Uberaba). Orientador da graduação e pesquisador da interação nutricional das plantas com o desenvolvimento de doenças nas culturas da soja, milho, sorgo e cana de açúcar. Contato: rafaeldelavras@hotmail.com

Deixe seu comentário e sua avaliação







- Máximo de 512 caracteres.

Clique para Avaliar


  • Avaliação:
Enviar
Faça seu login e comente.

Características



    1. Vulnerabilidade genética da soja às doenças
    Larissa Barbosa de Sousa - Éder Matsuo - Aluízio Borém
    1. Introdução
    2.Importância da diversidade na vulnerabilidade genética
    3.Evolução e Entraves
    4.Perspectivas
    5.Referências bibliográficas

    2. Cultivo da soja no Rio Grande do Sul: perspectiva atual e futura
    Evandro Chaves de Oliveira - Rafael de Ávila Rodrigues - José Maria Nogueira Da Costa - Leonardo Neves - Flavio Justino - Débora Regina Roberti - Paulo Jorge de Oliveira Ponte de Souza
    1. Introdução
    2.Material e métodos
    2.1. Descrição do Modelo
    2.2. Calibração do modelo CROPGRO-Soy bean
    2.3. Coeficientes genéticos do modelo CROPGRO-Soybean
    2.4. Avaliação da calibração fenológica
    2.5. Avaliação do crescimento
    2.6. Técnicas culturais utilizadas nas simulações da cultura da soja
    2.7. Cenários de mudança climática
    2.8. Aplicação do modelo em cenários de mudança climática
    3. Resultado e discussão
    3.1. Influência da mudança no clima agrícola regional na cultura de soja
    3.2. Influência da mudança climática na duração do ciclo da cultura de soja
    3.3. Influência da mudança climática no rendimento da cultura de soja
    3.4. Influência da mudança climática no total de chuva e evapotranspiração durante o ciclo da cultura
    3.5. Influência da mudança climática na eficiência do uso de água na cultura de soja
    4. Conclusões
    5. Referências bibliográficas

    3. Ferrugem asiática da soja
    Ernane Lemes - Walber Luiz Gavassoni
    1. Importância econômica
    2. Patógeno, hospedeiros e sintomas
    3. Distribuição e epidemiologia
    4. Manejo e controle
    4.1. Controle cultural da ferrugem asiática
    4.2. Controle biológico da ferrugem asiática
    4.3. Controle químico da ferrugem asiática
    4.4. Controle genético da ferrugem asiática
    5. Monitoramento
    6. Sumário e perspectivas futuras
    7. Referências bibliográficas

    4. Mofo branco
    Silvânia Helena Furlan
    1. Introdução
    2. Epidemiologia
    3. Manejo da Doença
    4. Considerações finais
    5. Referências bibliográficas

    5. Doenças fúngicas de solo na cultura a soja
    Ciro Hideki Sumida - Marcelo Giovanetti Canteri
    1. Características gerais
    2. Podridão radicular de fitóftora (Phytophthora sojae Kaufm. & Gerd) Oomiceto
    3. Podridão de carvão da raiz (Macrophomina phaseolina (Tassi) Goid)
    4. Podridão vermelha da raiz (Fusarium spp.)
    5. Tombamento e murcha de esclerócio (Sclerotium rolfsii Sacc.)
    6. Podridão da raiz de Rhizoctonia (Rhizoctonia solani J.G. Kühn)
    7. Manejo para doenças radiculares 
    8. Melhoramento genético para resistência
    9. Resultados de pesquisa e perspectivas
    10. Fontes de resistência
    11. O Futuro dessas doenças para as condições do Brasil
    12. Referências bibliográficas

    6. Fitobactérias na cultura da soja
    Roberto Lanna Filho
    1. Introdução
    2. Crestamento bacteriano
    3. Pústula bacteriana
    4. Considerações finais
    5. Referências bibliográficas

    7. Viroses da soja
    Fabio Nascimento da Silva - Larissa Goulart Zanardo - Danielle Ribeiro de Barros - Claudine Márcia Carvalho
    1. Introdução
    2. Viroses na cultura da soja
    2.1. Tobacco streak virus 
    2.2. Alfalfa mosaic virus
    2.3. Soybean mosaic virus
    2.4. Bean rugose mosaic virus
    2.5. Bean pod mottle virus
    2.6. Cowpea mild mottle virus 
    3. Diagnose
    3.1. Indexação Biológica
    3.2. Indexação sorológica
    3.3. Detecção Molecular
    4. Considerações finais
    5. Referências bibliográficas

    8. Fitonematoides
    Maria Amelia dos Santos
    Meloidogyne spp.
    Pratylenchus brachyurus
    Rotylenchulus reniformis
    Heterodera glycines
    1. Referências bibliográficas

    9. Doenças de final de ciclo: mancha parda e crestamento foliar de cercospora ou mancha púrpura da semente
    Luís Henrique Carregal - Heidi Wegener - Juliana Resende Campos Silva
    1. Introdução
    2. Doenças de Final de Ciclo
    3. Mancha parda (Septoria glycines)
    4. Sintomatologia
    5. Etiologia e Epidemiologia
    6. Perdas
    7. Manejo
    8. Sementes de boa qualidade
    9. Rotação de culturas
    10. Espaçamento entrelinhas e população de plantas
    11. Adubação equilibrada
    12. Resistência genética
    13. Controle químico
    14. Mancha Púrpura da Semente e Crestamento Foliar de Cercospora (Cercospora kikuchii)
    15. Sintomatologia
    16. Etiologia e Epidemiologia
    17. Manejo
    18. Resistência Genética
    19. Controle químico
    20. Considerações finais
    21. Agradecimentos
    22. Referências bibliográficas

    10. Estresses abióticos na cultura da soja
    Durvalina Maria Mathias dos Santos - Rener Luciano de Souza Ferraz - Denise Aparecida Chiconato - Antonio Pizolato Neto
    1. Introdução
    2. Estresse térmico - Altas e baixas temperaturas
    3. Estresse nutricional - Macro e micronutrientes
    4. Estresse salino - Efeitos do cloreto de sódio (NaCl)
    5. Estresse hídrico - Seca e alagamento
    6. Considerações finais
    7. Referências bibliográficas

    11. Avanços no melhoramento genético da cultura da soja nas últimas décadas
    Ana Paula Oliveira Nogueira - Tuneo Sediyama - Josiane Dias Gomes
    1. Introdução
    2. Origem e expansão da soja
    3. Origem, domesticação e diversidade genética da soja
    4. Avanços no Melhoramento Genético da Soja
    4.1. Melhoramento da soja, visando à produtividade de grãos e adaptação a novas áreas
    4.2. Melhoramento de soja visando resistência à doença
    4.3. Características agronômicas e dos grãos alvos no melhoramento de soja
    4.4. Adaptabilidade e estabilidade de linhagens e cultivares
    4.5. Melhoramento de soja para Alimentação Humana
    4.6. Métodos de Melhoramento e Biotecnologia
    5. Considerações finais
    6. Referências bibliográficas

    12. Melhoramento genético da soja visando resistência a fitopatógenos
    Leonardo Humberto Silva e Castro - Viviane Formice Vianna - Antonio Orlando Di Mauro - Sandra Helena Unêda-Trevisoli
    1. Introdução
    2. Variabilidade patogênica e o melhoramento genético da soja
    3. Quantificação de doenças da soja
    4. Mecanismos de resistência da soja às doenças
    5. Resistência e tolerância da soja às doenças
    5.1. Resistência vertical
    5.2. Resistência horizontal
    6. Tolerância
    7. Estratégias clássicas do melhoramento genético da soja visando resistência a fitopatógenos
    7.1. Métodos que envolvem hibridação
    7.1.1 Método Genealógico ou "Pedigree"
    7.1.2. Método Massal 
    7.1.3. Método da População ou "Bulk"
    7.1.4. Método misto
    7.1.5. Método da Descendência de uma Única Semente (Single Seed Descendent - SSD) e derivados
    7.2. Retrocruzamento
    7.2.1. Piramidação de Genes:
    7.2.2. Rotação de genes:
    7.2.3. Multilinhas
    7.3. Seleção recorrente
    8. Estratégias moleculares do melhoramento genético da soja a visando resistência à fitopatógenos
    8.1. Biotecnologia
    8.2. A cultura da soja e a biotecnologia
    9. Considerações finais
    10. Referências bibliográficas

    13. Técnicas de manejo e tecnologia de aplicação no controle de doenças da soja
    Ulisses Rocha Antuniassi - Mariana Rodrigues Bueno - João Eduardo Ribeiro da Silva - Guilherme Sousa Alves
    1. Introdução
    2. Fatores que afetam a aplicação
    2.1. Alvo
    2.2. Ambiente
    2.3. Momento de aplicação
    2.4. Produto
    2.5. Equipamentos de aplicação
    3. Aplicação terrestre
    3.1. Pontas de pulverização
    3.2. Assistência de ar
    4. Aplicação aérea - aviação agrícola
    4.1. Características básicas de uma aeronave agrícola
    4.2. Gestão da aplicação aérea
    5. Cobertura do alvo
    6. Volume de calda
    7. Adjuvantes
    8. Tecnologia para controle da ferrugem na soja
    9. Avaliação da qualidade da aplicação
    10. Inspeção técnica de pulverizadores agrícolas
    11. Efeitos fisiológicos de fungicidas na soja
    11.1. Tratamento de sementes
    12. Referências bibliográficas

    14. Qualidade sanitária na produção e estratégias para o controle de doenças transmitidas por sementes de soja
    Flavia Andrea Nery-Silva - Maria Luiza Nunes Costa - José da Cruz Machado
    1. Introdução
    2. Aspectos sanitários de campos de produção de sementes
    3. Análise da qualidade sanitária de sementes de soja
    4. Controle de doenças da soja via tratamento de sementes
    5. Campo de produção de sementes - qualidade sanitária
    6. Tipos de tratamento de sementes
    6.1. Tratamento Químico
    6.2. Tratamento Biológico
    6.3. Tratamento Alternativo
    6.4. Tratamento Químico de Sementes
    7. Considerações finais
    8. Referências bibliográficas

    15. Interação entre o estado nutricional e o desenvolvimento de doenças
    Rafael Tadeu de Assis - Gaspar Henrique Korndörfer
    1. Introdução
    2. Os nutrientes minerais e as doenças de plantas
    2.1. Nitrogênio
    2.2. Fósforo
    2.3. Potássio
    2.4. Cálcio
    2.5. Magnésio
    2.6. Enxofre
    2.7. Zinco
    2.8. Cobre
    2.9. Boro
    2.10. Manganês
    2.11. Cloro
    2.12. Ferro
    2.13. Molibdênio
    2.14. Silício
    3. Atuação dos nutrientes minerais no controle das doenças de plantas
    3.1. Aumento da tolerância das plantas aos patógenos
    3.2. Evasão aos patógenos
    3.3. Resistência fisiológica do hospedeiro
    3.4. Efeito sobre o patógeno e/ou na sua virulência
    4. Referências bibliográficas

    16. Soybean diseases and management in United States
    Nicholas S. Dufault - Heather Marie Young-Kelly
    1. U.S. Soybean production
    2. Common soybean diseases in U.S.
    3. Variety development and selection for disease resistance
    4. Fungicides and fungicide resistances
    5. Disease forecasting in U.S.
    6. Summary and future
    7. Literature cited

    17. El cultivo de soja en Argentina: principales enfermedades y estrategias de control
    Macelo Anibal Carmona - Maria Mercedes Scandiani - Norma Angela Formento - Marcela Edith Gally - Alicia Graciela Luque - Francisco José Sautua
    1. El cultivo de soja en Argentina, panorama y mercados
    2. Enfermedades del cultivo de soja en la Argentina
    3. Principales enfermedades de la soja en la Argentina
    3.1. Enfermedades de Fin de Ciclo de la soja (EFC)
    4. Mancha marrón o septoriosis de la soja
    4.1. Tizón de la hoja, tizón morado o púrpura
    4.2. Mancha Ojo de Rana
    4.3. Patógenos habitantes del suelo y patógenos de semilla
    4.3.1. Patógenos de semilla. Conceptos de calidad y sanidad 
    4.3.2. Patógenos habitantes del suelo
    4.3.2.1. Tizón de plántulas 
    4.3.2.2. Pudriciones de raíz y tallo en planta adulta
    4.3.2.3. Podredumbre Carbonosa
    4.3.2.4. Síndrome de la muerte súbita o repentina
    4.3.2.5. Rhizoctonia solani
    4.3.2.6. Podredumbre de la base del tallo y raíces (Phytophthora sojae)
    4.4. Manejo Integrado de las principales enfermedades del cultivo de la soja en Argentina
    4.4.1. Manejo de los patógenos de semilla y habitantes del suelo causantes del tizón de plántulas 
    4.4.2. Manejo Integrado de EFC
    4.4.3. Manejo integrado de la Mancha Ojo de Rana (MOR)
    4.4.3.1. El sistema de manejo químico sustentable en las variedades muy susceptibles
    4.4.4. Manejo integrado de patógenos habitantes del suelo
    5. Consideraciones finales
    6. Bibliografia

    18. Soybean in China
    Wang Lianzheng - Sun Junming - Wang Lan - Li Bin - Zhao Rongjuan
    1. Introduction of soybean development and historic cultivation in China
    1.1. China - The Place of Origin for the Cultivated Soybean
    1.2. Ancient Literature
    2. Production destination of soybean (oil and feed)
    2.1. Soybean germplasm resources in China
    3. Productivity and areas of soybean in China
    4. Progress of soybean breeding and cultivation for super high-yield
    4.1. Ideal plant morphology type of soybean cultivars for super high-yielding
    4.2. Yield structure of soybean cultivars with super high-yielding
    4.3. The breeding direction of genetic improvement for soybean cultivars with super high-yielding
    4.4. Selection of soybean cultivars for super high-yielding and breeding direction 
    5. Selection criteria in different breeding generations
    6. Major biotic and abiotic problems faced by the Chinese soy farmers
    7. References

    19. Soja: produção, patologias e manejos no Brasil
    Alfredo Riciere Dias - Edson Pereira Borges
    1. Importância no Brasil, área produzida, mercado atual e potencial da soja
    2. Principais problemas edáficos e climáticos que podem favorecer patologias
    3. Patologias de maior impacto nos últimos anos e suas principais técnicas de manejo
    3.1. Ferrugem asiática da soja (Phakopsora pachyrhizi)
    3.2. Mofo branco (Sclerotinia sclerotiorum)
    3.3. Mancha alvo (Corynespora cassiicola)
    3.4. Antracnose (Colletotrichum dematium var. truncata)
    4. Inovações tecnológicas para a cultura da soja e perspectivas futuras quanto à produção e possíveis problemas a serem enfrentados
    5. Referências bibliográficas